PROPINAS, POLÍTICOS, O GOLPE E AS NOVAS ELEIÇÕES

 

  1. Os conflitos entre o parlamento comprovadamente mais corrupto da nossa história e a primeira presidente que já tivemos até hoje cujo governo investigou a fundo a corrupção política levaram a que a maioria corrupta da Câmara dos Deputados rompesse o acordo PMDB-PT de levar um deputado do PT à presidência daquela assembleia, elegendo para presidente da Câmara um político corrupto desde a época de Collor (Eduardo Cunha).

  2. Este promoveu o impeachment da presidente, naquele espetáculo descrito pelo ex-ministro do STF Joaquim Barbosa como “de chorar de vergonha”.

  3. Devido à vergonha e desmoralização internacional de ter um parlamentar comprovadamente corrupto como substituto do Presidente da República, o STF afastou Eduardo Cunha da presidência da Câmara, sendo o mesmo substituído por outro deputado do mesmo bloco corrupto.

  4. Este golpe parlamentar contra a presidente fez do seu vice o chefe de um governo parlamentarista de fato, e da parte mais corrupta do parlamento. Em menos de 2 meses já teve que afastar 3 ministros por problemas de corrupção, embora tudo seja feito para bloquear as investigações iniciadas no governo Dilma.

  5. A solução mais coerente agora seria anular o impeachment ou eleger um novo parlamento, inclusive porque o atual foi eleito ainda sob o corrupto regime das propinas de empresas para políticos, implantado por Fernando Henrique (PSDB), e em boa hora eliminado pela presidente Dilma, PT e partidos de esquerda. Acontece que os parlamentares golpistas, em maioria, não vão querer enfrentar uma eleição sem as propinas das empresas, ou seja, sem corrupção.

  6. A corrupção foi oficializada na política brasileira quando Fernando Henrique (PSDB), em seu 1º mandato, descriminalizou a propina, ou seja, oficializou o financiamento de políticos por empresas, que até então era crime.

  7. Isso criou no Brasil um dos sistemas políticos mais corruptos do mundo. Com a descriminalização das propinas de empresas para políticos perdemos a maior parte do nosso patrimônio mineral (pagava-se caro ao político para comprar barato o patrimônio), fomos entregues à mais vergonhosa exploração de companhias telefônicas privadas, nos tornamos o vice-campeão mundial em sonegação de impostos (diretor da FIESP, financiadora do impeachment, devendo mais de 6 bilhões ao governo) e, depois dos Estados Unidos, o país com os deputados e senadores mais caros e as eleições mais caras do mundo.

  8. O poder que mais se beneficiou desse sistema corrupto foi o parlamento e é onde a corrupção tem mais força. Para você ter uma ideia do que representa para os parlamentares o financiamento, ou seja, a propina das empresas, nas eleições de 2014 só se elegeram 3% dos deputados que gastaram menos de R$ 500.000,00 enquanto foram eleitos 100% dos que gastaram mais de R$ 5.000.000,00!

  9. Por isso os atuais parlamentares representam muito mais o poder corruptor do dinheiro que a vontade dos cidadãos. Já a presidente representa muito mais a vontade dos cidadãos, pois sua eleição dependeu muito menos do dinheiro que a dos parlamentares. Isso ficou muito claro quando os parlamentares quiseram colocar na própria constituição a legalização das propinas e a Presidente vetou. Todos os deputados e senadores do PSDB e do DEM (os principais defensores do impeachment) votaram a favor das propinas, enquanto que todos do PT, PCdoB e PSOL (opositores do impeachment) votaram contra.

  10. Veja o que diz desse sistema de propinas o ex-presidente Carter dos Estados Unidos, o país de onde o PSDB o copiou: “Os Estados Unidos são hoje uma oligarquia, onde a propinagem política sem limites está destruindo totalmente o sistema democrático”.

  11. Portanto, como golpistas e propinistas formam um mesmo bloco, o que precisamos fazer é resistir ao golpe e garantir o legado da presidente Dilma, do PT, PCdoB, PSOL, ou seja, lutar para efetivamente termos este ano AS PRIMEIRAS ELEIÇÕES SEM PROPINAS dos últimos 25 anos, O TIPO DE ELEIÇÕES QUE FAZ TODO GOLPISTA E CORRUPTO TEMER!


ELEIÇÃO + BARATA = GOVERNO + DEMOCRÁTICO + LIMPO + LEVE


Núcleo do PT de Vila Buarque
R. Teodoro Baima 28 - s/17 - CEP 01220-040 - S.P.
Tel. 3257-5684  -  e-mail: contato@ptvilabuarque.com.br